Que minha mãe não leia, AMÉM!

Daí você era a Santinha da classe, daquelas que sonham com um Conto de Fadas. Fez vinte, mudou o cabelo e entrou na faculdade. Conheceu Jack Daniel’s e ele virou seu novo Príncipe Encantado.

Marina


Relembrar os momentos que passaram juntos, antes de pegar no sono, sozinha em sua cama sempre meio vazia- mas também com sentimentos em excesso-, fizera com que acordasse ainda mais … Continuar a ler

19 de Junho de 2015 · Deixe um comentário

Torta de brigadeiro


A vida é como uma fatia irresistível de uma torta de brigadeiro com avelã da melhor padaria da cidade. Na vitrine, ela convida você a saboreá-la. Derreter-se de amor por … Continuar a ler

1 de Fevereiro de 2015 · Deixe um comentário

Sobre morangos, açúcar e o amor


Cortava os morangos, um a um, com a calma de quem os plantara no jardim dos fundos de uma casa rosa e azul. As mãos morenas juntavam-se à lâmina sempre … Continuar a ler

13 de Novembro de 2014 · Deixe um comentário

Telefonema


Ah, as danadas das armadilhas que nossa própria imaginação arma em meio a um caminho besta de tão simples! Um telefonema inesperado que seja é motivo para uma ratoeira delicadamente … Continuar a ler

11 de Junho de 2014 · Deixe um comentário

Linha imaginária (>18)


Não era brincadeira, afinal. Ele me convidara e, ao contrário do que tinha imaginado, abrira a porta. E não só. Não notou meu cabelo vulgarmente abusado pela escova grossa e o … Continuar a ler

22 de Abril de 2014 · Deixe um comentário

Arrumar-se


Arrumar a casa pode ser cansativo e, até mesmo difícil. Cada cômodo, revirado, como se visitado por um invasor. E, talvez, realmente o tenha sido. Abre-se inúmeras gavetas. Muito se … Continuar a ler

21 de Abril de 2014 · Deixe um comentário

|Sushi ou sashimi?|


Tinha decidido esquecê-lo. Calçou os sapatos, vestiu as calças, tomou coragem e entrou na livraria da rua ao lado. Comprou um livro manjado de autoajuda e, com um capuz escondendo … Continuar a ler

21 de Abril de 2014 · Deixe um comentário